A foto é de 1985, enviada pelo colega de trabalho e Doutor em Museologia, Julio Cesar, um dos herdeiros do trabalho da Maria Emília.

Recebemos, com pesar, a notícia do falecimento, da Museóloga Maria Emília Mattos (1932-2021).

Formada em 1969, no Curso de Museus do Museu Histórico Nacional, Maria Emília trabalhou no IPHAN. Foi profissional atuante em Angra dos Reis e Paraty, na defesa do patrimônio cultural da região, e responsável pelo primeiro projeto de inventário de bens culturais das igrejas históricas nos anos 1990, em Angra dos Reis.

Deixou um imenso legado aos profissionais museólogos que trabalharam com ela e dão continuidade as suas ações até os dias atuais.