Medalha do Mérito Museológico


Medalha do Mérito Museológico

Histórico
Criada com a finalidade de marcar a passagem, no ano de 2004, dos vinte anos da Lei 7287 de 18 de dezembro de 1984, que regulamentou o exercício da profissão de Museólogo no Brasil. A primeira edição da Medalha do Mérito Museológico ocorreu no mesmo ano de sua criação e consolidou um antigo desejo dos conselheiros do Conselho Federal de Museologia, que sentiam necessidade de reconhecer publicamente o trabalho daqueles profissionais que lutaram pela regulamentação da profissão de museólogo, pelo exercício profissional, pela formação acadêmica, pela difusão do conhecimento e pelas instituições museológicas.

No pensar dos conselheiros, esta medalha, através de seus elementos simbólicos, deveria expressar todo o reconhecimento e gratidão de nossa categoria profissional aos nossos pares. Essa tarefa foi brilhantemente desempenhada pela museóloga Regina Bibiani, professora da UNIRIO e especialista na arte de criar medalhas, que criou a medalha tendo como tema principal a representação de símbolos estilizados que expressam as atividades museológicas: a efígie da deusa Pallas Athenéia / Minerva no anverso e a lucerna no reverso.

Indicação
Muitos merecem ser condecorados, pois honram a profissão de museólogo e o fazer museológico com dignidade dedicação e competência. Os nomes são indicados pelos COREM’s ao COFEM que, em Assembléias, deliberam quem serão os agraciados. A Medalha do Mérito não poderá ser concedida à mesma pessoa, física ou jurídica, por mais de uma vez.

Concessão
De acordo com a Portaria Nº. 01 de 18 de Setembro de 2004, a Medalha deve ser concedida a cada dois anos, na data de 18 de dezembro, aos cidadãos brasileiros e estrangeiros que tenham prestado destacados serviços à Museologia no Brasil, especialmente no campo da defesa do exercício da profissão, e para distinguir aqueles que, por sua qualidade ou valor, em relação à profissão o Sistema COFEM/COREM’s julgar merecê-lo.

Agraciados

2004

– Gilberto Gil Passos Moreira, Ministro de Estado de Cultura
– Arnaldo Machado
– Ecyla Castanheira Brandão
– Florisvaldo dos Santos Trigueiros
– Lais Scuotto
– Lygia Martins Costa
– Terezinha Maria Lamego de Moraes Sarmento
– Escola de Museologia -Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – UNIRIO (Institucional)
– Escola de Museologia- Universidade Federal da Bahia – UFBA (Institucional)
– Coleção de Numismática do Museu Histórico Nacional (Doação)

2006

– Aécio de Oliveira
– Dulce Cardoso Ludolf
– Mario Antonio Barata
– Maria Augusta Machado da Silva
– Max Justo Guedes
– Neuza Fernandes
– Ulpiano Bezerra de Menezes
– Waldisa Russio Camargo Guarnieri (In memorian)
– VITAE Apoio à Cultura, Educação e Promoção Social (Institucional)

2008

-Ivan Coelho de Sá
-José do Nascimento Junior
-Maria Célia Teixeira Moura Santos
-Maurício Segall
-Raul Giovani da Motta Lody
-Tereza Cristina Moletta Scheinner
-Tarcísio Taborda (In memorian)
-Instituto Cultural Flávio Gutierrez (Institucional)
-Museu Numismático Eugênio Teixeira Leal (Doação)

2010

– Ângela Maria de Oliveira Paiva
– Euler Santos Arruda
– Luiz Inácio Franco de Medeiros
– Maria Cristina de Oliveira Bruno
– Mário de Souza Chagas
– Mary Rodrigues do Rio
– Vera Lúcia de Carvalho Finkel
– Marta Rossetti Batista (In memorian)
– Instituto Brasileiro de Museus IBRAM/MinC (Institucional)

2012

– Ana Silvia Bloise
– Alexandre Valladão Rios
– Eunice Penna de Farias
– Heitor Reis
– Maury Rodrigues da Cruz
– Teniza Iara de Freitas Spinelli
– Maria Helena Biancchini (In memorian)
– Marcelo Mattos Araujo (Personalidade Museológica)
– ICOM Brasil (Instituição de destaque)

2014

Instituições de destaque
– Curso de Graduação em Museologia da Universidade Federal de Brasília
– Curso de Graduação em Museologia da Universidade Federal de Ouro Preto
– Curso de Graduação em Museologia da Universidade Federal do Pará
– Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari – ACAM Portinari
– Museu Internacional de Arte Naïf do Brasil -MIAN
– Museu Sacaca de Desenvolvimento Sustentável.
In memorian
– Maria Luiza Flores Chaves Barcellos ()
Personalidades Museológicas
– Maria Olímpia Mendes Dutzmann
– Nair de Moraes Carvalho

2016

– Cecília Volkmer Ribeiro

– Eliana Moro Réboli

– Julio Abe Wakahara

– Maria das Graças de Souza Teixeira

– Regina Elisia de Miranda Bibiani Morgado

– Sylvia Maria Brandão Menezes Athayde (In Memorian)

– Museu Afro Brasileiro da Universidade Federal da Bahia – UFBA

– Núcleo de Memória da Museologia no Brasil – NUMMUS, da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – UNIRIO