COFEM participou da Audiência Pública para discutir a MP 850


Todos os convidados à Audiência realizada ontem, em Brasília, foram unânimes em reivindicar a permanência do IBRAM , como o formulador das ações da Política Nacional de Museus. O COFEM foi representado na Comissão pela Diretora Secretária, Maria Eugênia Saturni.

O próprio Ministro da Cultura, primeiro a falar, “recuou” de sua proposta inicial de extinção do órgão, mas, como já tinha compromissos agendados, não ouviu as inconsistências presentes na MP 850 demonstrando que a falta de diálogo com a classe museológica produziu um documento autoritário de quem não conhece a atuação do IBRAM e que em nada ajudou o país.

Foram apresentadas à Comissão Mista propostas visando garantir o aporte de recursos para a manutenção das ações do IBRAM como o  formulador das ações da Política Nacional de Museus.

Clique aqui para acessar o PDF da apresentação do COFEM na Audiência.